BRDestaque

Casamentos Homoafetivos no Brasil Aumentam 149% em Nove Anos

Entre 2013 e 2021, o Brasil registrou 59.620 casamentos entre pessoas do mesmo sexo, marcando um aumento de 148,7% ao longo desse período, conforme dados do Observatório Nacional dos Direitos Humanos (ObservaDH), gerido pelo Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), com base em estatísticas do Registro Civil do IBGE.

Esses casamentos representam 0,6% do total de casamentos no país, com a porcentagem aumentando de 0,4% em 2013 para 1% em 2021. O maior incremento anual ocorreu entre 2017 e 2018, atingindo 61,7%.

A secretária Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+ do MDHC, Symmy Larrat, ressalta que a proteção jurídica dessas uniões é crucial para promover um Brasil mais justo e igualitário.

Regionalmente, a Sudeste teve a maior proporção de casamentos entre pessoas do mesmo sexo (0,8%), enquanto a Região Norte apresentou a menor (0,3%). Santa Catarina e São Paulo registraram os maiores percentuais de casamentos homoafetivos entre os estados, enquanto Acre, Maranhão, Rondônia e Tocantins tiveram as menores proporções.

A maioria dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo (57,1%) foi entre mulheres, com a Região Sudeste liderando em número de casamentos entre mulheres. O IBGE não registrou nenhum casamento entre pessoas do mesmo sexo com cônjuges menores de 15 anos entre 2013 e 2021.

É relevante notar que o projeto de lei que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo está em discussão na Câmara dos Deputados, provocando protestos de organizações da sociedade civil e da comunidade LGBTQIA+.

[Fonte: Agência Brasil]

Compartilhar: