DestaqueEconomia

Programa Voa Brasil: Passagens Mais Baratas para Quem Nunca Viajou de Avião

Após uma série de adiamentos e mudanças de ministros responsáveis, o programa Voa Brasil está pronto para ser oficializado pelo governo federal nas próximas semanas.

O programa visa oferecer passagens aéreas mais acessíveis, com diretrizes que foram adiantadas pelo Ministério de Portos e Aeroportos.

Quem terá direito?
Inicialmente, serão beneficiados pelo programa:

  • 21 milhões de aposentados do INSS com renda de até dois salários-mínimos
  • 700 mil alunos do ProUni

O foco será em pessoas que nunca viajaram de avião ou que não o fizeram nos últimos 12 meses. Está prevista a emissão de cinco milhões de passagens, todas ao valor de R$ 200.

Os beneficiários poderão adquirir as passagens ao longo do ano, embora a oferta possa ser menor durante os meses de alta temporada.

Como vai funcionar?
O programa não envolverá subsídios ou dinheiro público para reduzir os preços das passagens. A ideia é utilizar assentos ociosos nas aeronaves das companhias aéreas participantes, que incluem Latam, Gol e Azul.

A ociosidade em voos foi significativa em 2023, chegando a cerca de 20% em determinados meses, conforme dados da Anac.

Adiamentos e troca de ministro
Anunciado no início de 2023 pelo ex-ministro Márcio França, o programa enfrentou diversos adiamentos e mudanças. França deixou o cargo em setembro do mesmo ano, sem lançar o programa, sendo substituído por Silvio Costa Filho.

Em entrevista recente, Costa Filho destacou que oferecer passagens a R$ 200 para todos os brasileiros seria inviável, enfatizando a importância de esclarecer as expectativas em torno do programa.

Fonte: CNN, Polêmica Paraíba

Compartilhar: