DestaqueTecnologia

Projeto de Lei nos EUA Poderia Resultar na Proibição do TikTok

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei que tem o potencial de proibir completamente o TikTok, com uma votação avassaladora de 360 a 58 a favor. Este projeto de lei, que estende o prazo para a ByteDance se desfazer do TikTok para um ano, será apresentado ao Senado na próxima semana, e o presidente Joe Biden já declarou sua intenção de assiná-lo.

O representante republicano do Texas, Michael McCaul, autor do projeto de lei, afirmou que seu objetivo é proteger os americanos, especialmente as crianças, da suposta influência maligna da propaganda chinesa no TikTok. Críticos levantaram preocupações sobre a possibilidade de coleta de dados dos usuários e censura de conteúdo crítico ao governo chinês pela ByteDance.

Apesar das repetidas negativas do TikTok em compartilhar dados de usuários dos EUA com o governo chinês, a aprovação deste projeto de lei reflete preocupações persistentes sobre segurança de dados e influência estrangeira em plataformas de mídia social.

O TikTok expressou sua insatisfação com o projeto de lei, destacando sua significativa contribuição para a economia dos EUA e alertando sobre possíveis violações dos direitos de liberdade de expressão de milhões de americanos.

No entanto, críticos questionam se este projeto de lei poderia ser estendido a outras empresas de mídia social e levantam preocupações sobre o abuso de poder de vigilância. A recente aprovação da reautorização da Lei de Vigilância de Inteligência Estrangeira pelo Senado também suscitou debates sobre a expansão dos poderes de vigilância sem mandado.

A batalha em torno do TikTok continua, com questões de política, segurança de dados e liberdade de expressão no centro do debate. Com o projeto de lei avançando para o Senado, o futuro do TikTok nos Estados Unidos permanece incerto.

Fonte: Artigo adaptado de The Guardian

Compartilhar: