BRDestaqueEconomia

Brasil cai duas posições no ranking de desenvolvimento humano

Brasil cai duas posições no ranking de desenvolvimento humano

O país está agora em 89º lugar na lista de 193 países. Suíça, Noruega e Islândia aparecem como primeiras colocadas.

A ONU (Organização das Nações Unidas) divulgou nesta quarta-feira (13) o ranking do desenvolvimento humano. O Brasil caiu duas posições, para o número 89 da lista com 193 países.

O IDH, Índice de Desenvolvimento Humano, vai de 0 a 1 – quanto mais perto de 1, melhor. Ele combina dados de expectativa de vida da população, renda e tempo de escolaridade.

Nas primeiras posições estão Suíça, Noruega e Islândia. Na América do Sul, o Brasil está atrás do Chile (44º lugar), Argentina (48º) e Uruguai (52º).

Os dados para a elaboração do ranking foram coletados em 2022.

O Brasil aparece na lista com um IDH de 0,760, semelhante ao que o país tinha antes da pandemia, quando ocupava a posição de número 84. O IDH Mundial é de 0,739.

Apesar do desempenho estagnado há uma década no ranking, país permanece no grupo de nações com alto índice de desenvolvimento humano.

Entre os entraves para o desempenho brasileiro, segundo a ONU, está a dificuldade em dar continuidade para políticas públicas.

Isso prejudica, por exemplo, o desempenho na educação. Neste caso, o tempo médio de permanência na escola subiu muito pouco entre 2021 e 2022, chegando a 8,2 anos de estudo.

O tempo mínimo de estudo só na educação básica são 12 anos – do início da alfabetização até a conclusão do Ensino Médio.

Fonte: Jornal Hoje da Globo

Compartilhar: