DestaqueInternacional

Ucrânia Denuncia Eleições como “Farsa”, Enquanto Putin Apela por Patriotismo

Nesta quinta-feira, 14 de março, a Ucrânia fez um apelo à comunidade internacional para rejeitar os resultados das eleições presidenciais russas, classificando a votação, marcada de 15 a 17 de março na Rússia, como uma “farsa”. Vladimir Putin está garantido para uma reeleição triunfante.

Em comunicado, a diplomacia ucraniana pediu aos Estados estrangeiros e organizações internacionais que não reconheçam os resultados das “eleições” realizadas nos territórios ucranianos ocupados pela Rússia.

Por sua vez, o presidente Vladimir Putin apelou ao povo russo para mostrar “patriotismo” votando nas eleições presidenciais. Em um discurso de vídeo transmitido pela televisão pública, Putin pediu que as pessoas votassem no candidato de sua escolha para um futuro brilhante da Rússia, destacando a importância de expressar os sentimentos patrióticos através do voto.

Putin também mencionou os residentes das regiões de Donbass e Novorossiya, que votaram a favor da anexação pela Rússia em referendos de 2022, como exemplos de patriotismo. Ele ressaltou a importância da coesão e determinação, afirmando que cada voto é significativo para avançar juntos.

Apesar de dois candidatos que esperavam concorrer com plataformas apelando ao fim da guerra na Ucrânia terem sido declarados inelegíveis, Putin enfatizou que todos os eleitores desejam uma Rússia forte, próspera e livre para melhorar o padrão de vida.

(Imagem: Reprodução)

Compartilhar: