BrasilDestaqueParaíbaPB

Salário do Prefeito de Pombal Supera o de Gestores de 15 Capitais

No município de Pombal, localizado no Sertão da Paraíba, o prefeito acumulou um aumento de 48,4% em seu próprio salário nos últimos oito anos, ultrapassando significativamente a inflação medida pelo IPCA. Com um vencimento que começou em R$ 20 mil e agora atinge R$ 29.689 ao final do segundo mandato, o prefeito Dr. Verissinho (Republicanos) tem o maior salário entre os gestores municipais da Paraíba e supera os salários de prefeitos de 15 capitais do Brasil.

Segue a lista dos prefeitos das capitais que recebem menos do que Dr. Verissinho:

1. Cícero Lucena (João Pessoa): R$ 28.051,52
2. José Sarto (Fortaleza): R$ 27.391,06
3. David Almeida (Manaus): R$ 27.000,00
4. João Henrique Caldas (Maceió): R$ 26.666,66
5. Edmilson Rodrigues (Belém): R$ 25.332,25
6. Bruno Reis (Salvador): R$ 25.322,25
7. Eduardo Braide (São Luis): R$ 25.000,00
8. Hildon Chaves (Porto Velho): R$ 24.540,79
9. Arthur Henrique (Boa Vista): R$ 23.364,00
10. Sebastião Melo (Porto Alegre): R$ 22.677,06
11. Adriane Lopes (Campo Grande): R$ 21.263,62
12. Tião Bocalom (Rio Branco): R$ 20.625,25
13. Antônio Furlan (Macapá): R$ 19.294,08
14. Lorenzo Pazolini (Vitória): R$ 19.217,12
15. José Pessoa Leal (Teresina): R$ 17.690,57

Esses números evidenciam uma discrepância salarial significativa entre o prefeito de Pombal e outros gestores municipais, levantando questões sobre equidade e responsabilidade fiscal.

Compartilhar: