Entretenimento

‘Profecia Sombria’: Filme de 1976 gera controvérsias e mistérios até hoje

“A Profecia” permanece como um dos filmes do gênero horror mais rodeado por mistérios. Lançado em 1976, o longa narra a saga de Damien Thron, uma criança considerada o anticristo. Agora, em 2024, surge nos cinemas uma nova produção: “Profecia Enigmática”. Nela são desvelados os eventos anteriores ao nascimento do infame bebê.

A aura de estranheza que envolve o filme original decorre de uma série de eventos sombrios que permearam sua produção e filmagens.

Filho de Gregory Peck, o intérprete do diplomata Robert Thorn, faleceu pouco antes do início das gravações. O jovem tirou a própria vida e Peck afirma ter utilizado a dor do luto para moldar seu personagem, que enfrenta a perda de um filho no início do filme.

Três membros da equipe de produção sofreram com fenômenos atmosféricos. Gregory Peck estava a bordo de um avião rumo a Londres (Inglaterra) — para filmar cenas — quando a aeronave foi atingida por um raio. Harvey Bernhard, produtor do filme, escapou por pouco de um raio durante as filmagens em Roma, capital italiana. Por fim, Mace Neufeld, produtor executivo de “A Profecia”, estava viajando para Los Angeles (EUA) quando seu avião também foi atingido por um raio.

Liz Moore perdeu a vida em um acidente de carro cercado por uma trágica coincidência. A artista britânica contribuiu com moldes para o design de produção do filme e, enquanto viajava com John Richardson, supervisor de efeitos visuais, Moore teve a cabeça decepada ao ser atingida por um pneu que atravessou o para-brisa do veículo. A morte da mulher guarda semelhanças com um evento de “A Profecia”, quando o fotógrafo Keith Jenning é morto decapitado por uma placa de vidro.

Para adicionar um toque ainda mais sinistro, Richardson relatou ter avistado uma placa com a inscrição “Ommen, 66.6 km”. O título original de “A Profecia” é “The Omen” e 666 é associado ao diabo.

Os animais utilizados nas filmagens também deixaram a equipe apreensiva. O treinador de babuínos e sua mãe faleceram no dia seguinte às filmagens da cena com os macacos, enquanto o dublê de Gregory Peck ficou ferido ao gravar uma cena com cães da raça rottweiler.

Fonte: adaptação de artigo do UOL

Compartilhar: